Arquivo para a Categoria ‘mídia’

A cabeça não para

Bom, eu sempre preferi Blogs compartilhados com amigos.. Acho que isso torna o Blog mais rico com diversos pontos de vista e também acaba sendo mais fácil de manter, já que você divide o "trabalho" de manter e postar com outros...

Pois bem, conversando com o Eduardo Elias e com o Daniel Bueno (Moldador), decidimos fazer um Blog em conjunto... No começo, na realidade, ia ser um Blog o Eduardo, daí eu acabei me metendo e chamamos também o Daniel e assim surgiu o Blog "A cabeça não para".

Bom, vou continuar postando por aqui, inclusive tenho uns 4 posts engatilhados, faltando só revisar e postar, mas lá eu postarei com mais frequência, até porque vamos fazer dele um Blog de postagens simples e rápidas, com críticas, ironias, coisas do dia a dia e outras temáticas... Provavelmente um pouco de tecnologia também por sermos todos do meio...

Então, quem puder e quiser acompanhar, a gente vai tentar fazer atualizações constantes e evitar que elas sejam cansativas, dando assim um ponto de vista crítico de algumas coisas e tentando trazer um pouco de diversão mas com seriedade e respeito.

Esperamos vocês no "A cabeça não para" dando suas contribuições, comentando, sugerindo, criticando...

Copa do Mundo x Educação em Fortaleza

Bem, muito oportunamente, durante a copa do mundo, saiu o resultado do SPAECE (Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará). Oportuno pois não há um mascaramento melhor no país do que o Futebol.

Para ser direto ao ponto e voltarmos todos a apreciar a copa do mundo de futebol na África, que não tem a menor ideia do que fará com os elefantes brancos estádios após a copa, a Cidade de Fortaleza está entre os 14 piores alfabetizadores do Estado do Ceará.

Vendo hoje uma reportagem no O Povo (que pasmem, não era sobre a copa), vi esse levantamento, que é feito anualmente. E até serviria de consolo se fosse por conta da melhora das outras cidades do estado, eu estaria até feliz nesse momento, mais do que se a Argentina tivesse perdido, mas não. Segundo a reportagem do O Povo, Fortaleza atingiu uma média de 118,5. Você me pergunta se essa média é ruim... Eu lhe digo que são 111 pontos abaixo da cidade que teve o melhor desempenho (O nome da cidade é Deputado Irapuan Pinheiro), daí você me responde se é ou não ruim... No ano anterior Fortaleza obteve uma média de 122,3.

No que reflete isso? Menor repasse de verba para a educação. Mas ninguém precisa se preocupar, ainda haverá reveillon, telão pra copa e shows. A verba vem de outra secretaria e essa aparentemente é bem mais competente... Deve ser a mesma que cuida da assessoria de imprensa e marketing e faz com que esses resultados saiam numa época onde qualquer notícia que não tenha "Seleção Brasileira" vá para a lixeira.

Fico realmente decepcionado com isso, não só pelo desempenho da capital ter caído, mas com o fato de oportunamente isso ser divulgado durante a copa do mundo, quando a grande maioria do país está entretida... É mais uma notícia que vai passar em branco... É prova que nem toda a prefeitura de Fortaleza é incompetente. A assessoria de imprensa e o setor de marketing da Prefeitura funcionam muito bem, mascarando os fatos relevantes para a população... Enfim, vamos todos ao aterrinho hoje assistir o jogo do Brasil, quem liga pra essa coisa chamada "educação"?

Entre as explicações da Prefeitura está: "A quantidade de alunos". Então devemos partir do princípio Cidades como: Curitiba, Porto Alegre, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro... Tem educação tão ruim quanto a de Fortaleza?

Quer frescar fresque, mas não fique frescando não...

Projeto de lei visa acabar com os paredões de som

Hoje recebi no e-mail uma daquelas mensagens sem respaldo de fonte, mas como a notícia me interessava, busquei me iterar do assunto e fui pesquisar.

A mensagem tratava de um projeto de lei municipal que visa regular (diferente de proibir) o uso de equipamentos de som voltados para o ambiente e não para o interior do veículo, os vulgos "paredões de som".

Depois de ver o e-mail, fui aos sites de busca e pude ver que o projeto é verídico e mais, o vereador que é autor do projeto de lei está, inclusive, recebendo ameaças de morte, como consta nesta reportagem do jornal "O Estado".

O projeto pode ser acompanhado pelo site da Câmara Municipal de Fortaleza, na parte de "Tramitações".  Você o achará no formato abaixo:

Tipo de Documento: 01 - Projeto - Lei
Nº do Documento: 0198/09
Autor: GUILHERME SAMPAIO
Data da Entrada: quarta-feira, 6 de maio de 2009
Ementa: ESTABELECE A OBRIGATORIEDADE DA EMISSÃO DE LICENÇA PARA A MONTAGEM DE EQUIPAMENTOS DE SOM AUTOMOTIVOS, NA FORMA QUE INDICA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.
(Atualizado no dia 22 de Fevereiro de 2010)

Pesquisando no site do próprio vereador, pude ver que haverá uma discussão sobre o projeto no dia 26, sexta feira, na Câmara e caso alguém queira ir, ela terá início às 9h.

Para terem ideia da seriedade da lei, ela contempla o uso profissional do equipamento de som e também o uso para esportes, desde que obedecida a legislação, ou seja, só quem vai sair "prejudicado", são aqueles que usam o equipamento unica e exclusivamente para perturbar a paz.

Segue abaixo a lista, retirada do site do autor do projeto, de alguns pontos que o projeto de lei contempla:

- Fica condicionada à emissão de licença pelo órgão municipal competente a montagem de equipamentos de som automotivo cujos altofalantes não estejam voltados para o interior do veículo.

- Para conseguir esta licença, o proprietário do veículo deve enviar requerimento por escrito à autoridade competente, ao qual será anexada cópia autenticada do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo. Ele também deve comprovar a justa necessidade do equipamento de som para uso profissional.

- Também terão direito à licença os membros de associações de usuários de sons automotivos, que participam de competições e eventos culturais e desportivos do setor.

- Para conseguir a licença de que trata o tópico anterior, terão de ser atendidas as seguintes exigências: somente serão reconhecidas as associações formalmente constituídas e cadastradas no poder público municipal, na forma que dispuser regulamento desta lei e, ainda, os associados deverão passar por curso de educação ambiental, desenvolvidos por entidades reconhecidas pelo poder público municipal, com carga horária não inferior a 15 (quinze) horas.

- O deslocamento do equipamento licenciado deverá ser feito obrigatoriamente com o mesmo desligado e protegido com capa acústica, a qual deverá cobrir integralmente os cones dos altofalantes, sob pena de revogação da licença e aplicação de multa. Fica obrigatória a condução da licença nos veículos com equipamentos licenciados.

- Os donos de veículos com equipamentos sonoros já instaladosem desconformidade com a presente lei, terão o prazo de 120 (cento e vinte) dias para regularizar a situação perante o órgão municipal competente, a partir das exigências e condições estabelecidas pela Lei do Paredão.

É isso aí, pessoal... Quem tiver disponibilidade de tempo e quiser apoiar o projeto de lei, faça-se presente na Câmara de Vereadores de Fortaleza no dia 26, sexta-feira, às 9h.

Microsoft é proibida de comercializar o MS Word

Bem, esse mundo das licenças e das patentes tem as suas ironias... Uma empresa que praticamente instituiu o monopólio do conhecimento em matéria de software se vê, mais uma vez, sendo foco do veneno que plantou.

Seria uma daquelas ironias? Se encaixaria naquele velho ditado popular:  "Quem com ferro fere, com ferro será ferido"?

Bem, isso pouco importa, isso serve para mostrar o quão este monopólio do conhecimento é burro e traiçoeiro. Mais uma vez a Microsoft é processada por esse motivo... Quebra de patente, plágio... A MS está colhendo algo que infelizmente estimulou no mundo do software. Ao contrário do que muitos podem achar, não fico feliz com essa notícia, muito pelo contrário, lamento ver o aprisionamento do conhecimento, por mais que muitos achem que por ser a MS, ela merece.

Acredito que quem perde com isso é sempre o Livre conhecimento.

Para deixa-los por dentro deste episódio em específico, a Microsoft estava em uma briga com uma empresa Canadense, com sede em Toronto, a i4i, por conta do uso do código XML em seus produtos Microsoft Word 2003 e 2007. A i4i já havia ganho o processo que consistia em não comercializar essas versões e ainda uma multa de US$ 290 mi, mesmo depois de apresentar recurso, o tribubal deferiu a favor da i4i e a MS terá que deixar de comercializar o produto a partir de 11 de janeiro de 2010 até remover os recursos que motivaram o processo.

Veja a fonte da notícia no jornal Folha Online

Assistencialismo na câmara

Há críticas severas em relação às polícias assistencialistas que os governos empregam, eu mesmo sou contra qualquer forma de assistencialismo que não seja acompanhada de uma medida para resolver em definitivo o problema, mas isso acaba normalmente tirando o foco de um assistencialismo muito maior que é feito na nossa cara e também com o nosso dinheiro. Vendo uma reportagem a pouco no R7 (Portal de notícias online da record) vi algo que definitivamente só pode se encaixar na pior definição possível de assistencialismo... Não só é vicioso como corrupto... Lendo essa reportagem, vi o quanto somos desrespeitados e o poder de manipulação que eles têm para poder alienar as pessoas ao ponto de se preocupar com qualquer coisa, menos com o destino dado aos nossos impostos... São gastos inacreditáveis... A conta de energia da câmara é equivalente ao consumo de 18 mil famílias.  São 115 milhões de reais por ano só para auxílio alimentação... O suficiente para pagar todos os beneficiados com o programa Bolsa Família do estado do Espírito Santo... Veja aqui a reportagem completa no site do R7.

O caso da #urlburra

Estava esses dias tentando acessar o site da seduc e do detran, me ocorreu de ser redirecionado para o portal do governo do estado, acreditando ser um problema, nem dei muita bola, mas daí esse "problema" começou a persistir...

Comecei a navegar na boa, daí fui caindo nos blogs e vendo que isso nem era um problema e muito menos temporário, pude constatar que a "brincadeira de mau gosto" (Estou sendo gentil, acreditem) tratava-se de alguma estratégia de Marketing muito "de mau gosto" do Governo do Estado do Ceará, provavelmente para aquecer as visitas no portal deles, inclusive no post do blog do Mário Aragão ele coloca um gráfico tirado do Alexa mostra que os acessos ao portal do Governo do Estado "coincidem" com a época do início da "brincadeira de mau gosto"... Basta pedir para ele mostrar o gráfico dos últimos 6 meses...

Daí vi que havia todo um movimento já formado de pessoas/blogueiros e resolvi aderir...

#urlburra

Espero que logo o Governo do Estado do Ceará acabe com essa falta de respeito com as pessoas que buscam os serviços providos pelo poder público estadual na web.

Quanto vale a ética?

Chegam a ser ridículos os ataques proferidos pela mídia à nossa atual prefeita Luiziane Lins, é notório que o jornalismo local, cito o que mais ibope tem, que é a verdes mares, tanto na mídia televisiva quanto na mídia escrita, vem atacando de todas as maneiras, possíveis e impossíveis nossa atual prefeita. Não defendo aqui Luiziane como uma pessoa ou figura política, e sim, cobro desses meios, a imparcialidade, pois nada mais queremos da mídia do que um jornalismo sério e imparcial, algo no qual possamos nos apoiar e não que seja uma ferramenta de "lavagem cerebral" das massas

Quanto vale a ética de uma pessoa? Um repórter se vende por três ou quatro mil reais de salário mensal e um convênio médico... É isso que vale a ética? Quatro Mil reais no máximo?

Ética não se compra, pelo menos na teoria não, pois na prática, vemos diariamente exemplos do contrario, e nós, os simples cidadãos, a "massa" como eles costumam chamar, só nos tornamos ainda mais manipuláveis, pois a maioria se deixa enganar por essa corja de falsários, de enganadores, de ludibriadores da verdade, em época de eleições meus amigos, vale de tudo, de manipular a mídia, até mesmo roubar pirulito de criança... Será que esse vai ser o próximo passo dos "coronéis"? Será que vivemos ainda a época feudal?

É lamentável meus amigos... A mídia que se auto-intitula defensora dos "pobres e oprimidos", defensora da população, órgão fiscalizador, nada mais é do que o órgão manipulador.

Pasmem.

Para cima

Sobre mim

Gilfran Ribeiro é entusiasta de software livre, MetaRec e cultura livre.
Gosta de falar de política, futebol e religião com qualquer pessoa que goste de discutir assuntos e não pessoas.
Trabalha com consultoria, ainda insiste em trabalhar com a segurança de informação mas vai se livrar dessa área. Em breve espera trabalhar exclusivamente com inclusão sociodigital!